• Renata Marcon - Negócios de Família

Ser diferente ou igual? Eis a questão!

Atualizado: 16 de Ago de 2020

Sabe aquela segunda-feira que você acorda e por algum motivo pensa “queria que tudo fosse diferente.”

Hoje foi um dia assim, e como toda a certeza deve vir de uma pergunta, fiz as seguintes: O que realmente quero tornar diferente, por que ser diferente? Ou apenas vivo em um momento que estamos induzidos a mudar sempre, ser diferente, único? As mudanças têm feito sentido?

Costumo dizer que, devemos ser nossa melhor versão cada dia, e continuo achando isso, e como melhorei a minha versão, refleti sobre como minhas mudanças me afetam, é incoerente mudar só para mudar, mas é fundamental mudar!




Encontrei nessas sábias palavras ditas no livro Trabalhe 4 Horas por Semana de Timothy Ferriss a inspiração para responder alguns desses questionamentos, preciso tornar diferente algo que é ineficiente, que me incomoda, que faz mal, que me causa dor, que provoca em mim sentimentos e pensamentos ruins. Para isso, devo tomar uma atitude de mudança já!


Para as outras coisas está tudo bem continuar igual, aquilo que te faz bem, que faz sentido, que te faz vibrar, agradecer, sorrir, amar… ficar 20 anos na mesma empresa, casado com a mesma pessoa a 40, morar na mesma cidade desde que nasceu, nunca experimentar sushi ou andar de avião, não assistir a GOT, ou qualquer seriado, comer a mesma comida todo dia, está tudo bem pra ti? Isso que importa.


Seja sincero com você, pratique o autoconhecimento para encontrar essas respostas, a única coisa que é proibido é se enganar achando que “tá tudo bem” só para não dar o próximo passo; é permanecer estagnado quando você sabe que deseja ir mais além.


Seja diferente em tudo o que te faz sofrer, e seja igual em tudo que te faz feliz!


O segredo é só saber diferenciar!





11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo